Diretor de Azul é a Cor Mais Quente vende Palma de Ouro para bancar novo filme




Quanto vale uma Palma de Ouro? Honraria máxima do consagrado Festival de Cannes, é um dos prêmios mais cobiçados do mundo cinematográfico. Significa mérito artístico difícil de contestar e grande repercussão midiática.

Por isso, gerou controvérsia a notícia de que o diretor tunisiano Abdellatif Kechiche, vencedor do prêmio em 2013 pelo filme Azul é a Cor Mais Quente, decidiu vender a Palma de Ouro. Segundo a EW, a informação é verdadeira.

A venda teria objetivo de bancar seu próximo projeto, “Mektoube, My Love”, que já havia sido interrompido por causa de problemas financeiros.

Além da Palma de Ouro, foram colocados à venda outros objetos relacionados a Azul é a Cor Mais Quente, como as pinturas a óleo que aparecem no filme.

Kechiche já havia se envolvido em polêmica anterior: as atrizes principais do longa, Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux, alegaram condições “horríveis” no set de filmagens e disseram que nunca trabalhariam com ele novamente. Em resposta, Kechiche acusou Seydoux de calúnia.

Postar um comentário

0 Comentários