Últimas Notícias:

Cannes 2018 | Netflix é banida por não seguir regras da premiação


O anúncio oficial dos títulos selecionados para o Festival de Cannes ainda não foi feito, mas de uma coisa já se sabe: a seleção deste ano não terá nenhuma produção original Netflix. Thierry Fremaux, diretor do festival mais importante da sétima arte, afirmou em entrevista à Variety que filmes da companhia estão barrados da disputa pela Palma de Ouro e da mostra Um Certo Olhar.

Na edição 2017, Okja e Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe fizeram parte da competição oficial, o que gerou enorme controvérsia na Croisette que por fim levou ao estabelecimento da regra de que apenas produções com distribuição garantida nos cinemas franceses poderão concorrer aos prêmios do evento.
Okja (2017)
"Ano passado achei que poderia convencer a Netflix, mas eles se recusaram (a exibir os filmes nos cinemas). É o modelo econômino deles e eu respeito, mas nosso foco é cinema e queremos que os filmes da competitiva sejam lançados. Esse é o modelo dos apaixonados por filmes e a Netflix deve respeitar. [...] Ano passado, na França, os filmes de Noah Baumbach [Meyerowitz] e Bong Joon-ho [Okja] lamentavelmente não existiram. Se perderam nos algorítmos da Netflix. [...] Eventualmente vamos entender que a história do cinema e a história da internet não são a mesma coisa.", disse Thierry. Algumas portas, no entanto, permanecem abertas à gigante do streaming:
Thierry Fremaux diretor do festival 
"Dito isso, a Netflix é bem-vinda em Cannes fora da competição oficial e da Um Certo Olhar. Nos encontramos recentemente em Paris, o diálogo continua e tenho certeza que será produtivo. Eles querem muito retornar e os queremos de volta."

Fremaux disse ainda que o Festival está mais atento à paridade de gênero no júri oficial e justificou a proibição de selfies no tapete vermelho: "O trabalho do meu time é preservar o prestígio do festival mais importante do mundo e quando estamos no topo das escadas vemos quão vulgar e grotesco é o ato de tirar selfies no tapete e como isso causa uma grande bagunça".

Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe (2017)
O Festival de Cannes 2018 acontecerá entre os dias 8 e 19 de maio e terá como presidente do júri Cate Blanchett. A cineasta Ursula Meier (Home) vai presidir o júri da Câmera de Ouro, responsável por eleger o melhor filme de estreante exibido no evento, e o diretor Bertrand Bonello (Nocturama) vai comandar o júri dos curtas e da Cinefondation, que conta com produções de estudantes.

Fonte: AdoroCinema Variety
Share on Google Plus

Sobre o Autor 1º TAKE

O 1º TAKE é um espaço criado para dividir com os leitores assuntos interessantes sobre música,séries, cinema, teatro e arte em geral. Blog editado pelo louco Walther Jr. ,um espectador apaixonado por cinema,teatro,música,cerveja, vinho,pizza,pão na chapa,churrasco,lasanha,empada,pão de queijo... Ou seja,sou normal como todo mundo, não esperem nada profissional por aqui. Forte abraço e um viva a sétima arte.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário