Últimas Notícias:

Uma Thurman não culpa Tarantino por acobertamento do acidente no set de Kill Bill



Após o artigo do New York Times que revelou o assédio que Uma Thurman sofreu de Harvey Weinstein, a atriz recorreu ao seu Instagram para esclarecer o acidente sofrido durante as filmagens de Kill Bill e o real envolvimento de Quentin Tarantino no caso e no seu acobertamento.

Thurman escreve:

i post this clip to memorialize it’s full exposure in the nyt by Maureen Dowd. the circumstances of this event were negligent to the point of criminality. i do not believe though with malicious intent. Quentin Tarantino, was deeply regretful and remains remorseful about this sorry event, and gave me the footage years later so i could expose it and let it see the light of day, regardless of it most likely being an event for which justice will never be possible. he also did so with full knowledge it could cause him personal harm, and i am proud of him for doing the right thing and for his courage. THE COVER UP after the fact is UNFORGIVABLE. for this i hold Lawrence Bender, E. Bennett Walsh, and the notorious Harvey Weinstein solely responsible. they lied, destroyed evidence, and continue to lie about the permanent harm they caused and then chose to suppress. the cover up did have malicious intent, and shame on these three for all eternity. CAA never sent anyone to Mexico. i hope they look after other clients more respectfully if they in fact want to do the job for which they take money with any decency.
Uma publicação compartilhada por Uma Thurman (@ithurman) em

"Eu publico este clipe para memorizar a exposição no New York Times por Maureen Dowd. As circunstâncias deste evento foram negligentes ao ponto de criminaliddade. Mas não acredito que tenham sido com intenções maliciosas. Quentin Tarantino estava prorfundamente arrependido e permanece sentindo remorsos sobre este evento trágico, e me entregou as filmagens anos depois para que eu pudesse expor e deixar que visse a luz do dia, apesar de que este é um evento para o qual a justiça talvez jamais seja possível. Ele também fez isso com total conhecimento de que poderia causar danos pessoais a ele, e estou orgulhosa por ele ter feito o que era certo, e por sua coragem.

O ACOBERTAMENTO após o fato é IMPERDOÁVEL. Por isso eu responsabilizo Lawrence Bender, E. Bennett Walsh e o notório Harvey Weinstein. Eles mentiram, destruíram evidências e continuam a mentir sobre o dano permanente que causaram e escolheram suprimir. O acobertamento sim teve intenções maliciosas, e que a vergonha recaia sobre eles por toda a eternidade. A [agência] CAA nunca mandou ninguém para o México. Espero que cuidem de outros clientes com mais respeito se quiserem de fato fazer o trabalho para o qual são pagos com decência."



O artigo do New York Times revela que Tarantino teria forçado Thurman a filmar uma cena em um carro que estava com problemas, o que acabou causando o acidente que passou anos distante do conhecimento público. A atriz teve acesso ao vídeo negado, até que Tarantino o entregou a ela para que pudesse revelar na entrevista ao jornal. O cineasta também esclareceu em detalhes o que aconteceu naquele dia de filmagens em uma entrevista concedida ao Deadline.

Fonte: New York Times e Deadline 
Share on Google Plus

Sobre o Autor 1º TAKE

O 1º TAKE é um espaço criado para dividir com os leitores assuntos interessantes sobre música,séries, cinema, teatro e arte em geral. Blog editado pelo louco Walther Jr. ,um espectador apaixonado por cinema,teatro,música,cerveja, vinho,pizza,pão na chapa,churrasco,lasanha,empada,pão de queijo... Ou seja,sou normal como todo mundo, não esperem nada profissional por aqui. Forte abraço e um viva a sétima arte.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário