Tarantino #9 | Diretor incluiu Roman Polanski como um dos personagens centrais de seu nono filme


O aguardado nono filme de Quentin Tarantino, conhecido na indústria como #9, acaba de ganhar mais uma camada de relevância. Além de trazer Leonardo DiCaprio em um dos papéis principais e de explorar o final da agitada década de 1960, quando Charles Manson e sua gangue cometeram seus infames assassinatos, o longa também terá o controverso cineasta franco-polonês Roman Polanski (O Pianista, A Pele de Vênus) como um de seus personagens centrais.

De acordo com Justin Kroll, repórter da Variety, Tarantino está em busca de um ator polonês para dar vida ao diretor europeu, cuja esposa, a atriz Sharon Tate , que pode ser interpretada por Margot Robbie , foi executada pela Família Manson quando estava grávida de oito meses e meio. O jornalista do periódico estadunidense também afirmou que Tom Cruise pode realmente assumir o papel de um dublê e que o personagem de DiCaprio - um ator decadente que pretende viajar para a Itália para tentar a sorte na indústria dos spaghetti westerns - será vizinho de Tate.

Roman Polanski e Sharon Tate em 1968.
Como Tarantino reescreveu a história em Bastardos Inglórios, é muito provável que o realizador faça o mesmo em #9, especialmente para adequar uma história tão sombria ao seu estilo cinematográfico. Também será preciso esperar para ver como o realizador norte-americano vai explorar a problemática figura de Polanski, que não pode colocar os pés nos Estados Unidos por ter sido condenado por abusar sexualmente de uma menina de 13 anos na década de 1970 - desde então, o diretor de Repulsa ao Sexo e O Bebê de Rosemary recebeu outras denúncias do mesmo tipo.


Narrativamente comparado à Pulp Fiction e com um orçamento girando em torno dos US$ 100 milhões, verba de produção similar a de Django Livre, #9 chegará aos cinemas dos Estados Unidos no dia 9 de agosto de 2019, exatamente 50 anos após a morte de Tate. Como será lançado na mesma época em que Bastardos Inglórios - último filme de Tarantino a disputar a Palma de Ouro - estreou em 2009, é possível que o nono longa do realizador seja exibido no Festival de Cannes de 2019.

#9 não há previsão de estreia no Brasil,

Fonte: Variety

Postar um comentário

0 Comentários