Festival de Berlim 2018 | Três filmes brasileiros são selecionados para a mostra Panorama



O Festival de Berlim 2018 anunciou os onze primeiros títulos selecionados para a prestigiosa mostra Panorama. Mesmo com novos curadores à frente da seleção, o cinema brasileiro continua em destaque, com três documentários:

Bixa Travesty, de Kiko Goifman e Cláudia Priscilla, sobre a artista transexual Linn da Quebrada,
Ex-Pajé, de Luiz Bolognesi, sobre um líder indígena convertido ao cristianismo, mas que retorna às raízes pagãs, Central Airport THF, co-produção com a Alemanha e a França dirigida por Karim Aïnouz, sobre refugiados vivendo em um aeroporto abandonado.

Cineasta Tom Tykwer
O comunicado oficial da Berlinale afirma que estes primeiros títulos são marcados pela "desobediência", debatendo "políticas do corpo e resistência ao machismo". A mostra Panorama, em Berlim, recebeu nos últimos anos filmes nacionais como Que Horas Ela Volta?, No Intenso Agora, Pendular e Vazante.

Na mostra Panorama, da Berlinale 2018, serão exibidos ainda "L'Animale" (Áustria), "Malambo, el hombre bueno" (Argentina), "La omisión" (Argentina, Holanda e Suíça), "Profile" (EUA, Reino Unido e Chipre), "River's Edge" (Japão), "That Summer" (Suécia, Dinamarca e EUA) e "Yocho" (Japão).
Lilly e Lana wachowski
O Festival de Berlim 2018 será presidido pelo cineasta Tom Tykwer, conhecido por Corra Lola Corra, Perfume: A História de um Assassino e A Viagem, dirigido ao lado das irmãs Wachowski (Sense8), e acontece entre os dias 15 de 25 de fevereiro de 2018.

Postar um comentário

0 Comentários